EMGD

negócio inteligente

Negócio Inteligente: O Conceito, as Vantagens e os Desafios

Saiba como um negócio inteligente pode se aliar à tecnologia na construção de um negócio mais eficiente e competitivo.

Tempo de leitura: 8 minutos.

Em tempos dominados pela globalização e pelas evoluções digitais, algumas barreiras comerciais se dissipam, e a concorrência tende a ficar mais acirrada. Nesse contexto, processos administrativos que dominaram as gestões por décadas começam a perder a eficácia, exigindo renovações fundamentais e urgentes.

A tecnologia – cada vez mais desenvolvida e acessível – surge, então, como a única solução capaz de modificar conceitos de gestão organizacional que estão enraizados no senso comum. Um primeiro passo que precisa ser dado por empresas que desejam manter seu nível de produtividade e competitividade.

A partir daí, é possível dizer que estamos lidando com uma definição cada vez mais evidente no ambiente corporativo: o negócio inteligente.


Neste artigo, vamos falar sobre:

– O conceito de negócio inteligente;

– Atitudes inteligentes e suas vantagens empresariais;

– Tecnologias e ideias que merecem sua atenção;

– Dicas importantes para a transição.


O que é um Negócio Inteligente?

O conceito de “Negócio Inteligente” não é exatamente novo, nem complexo. Basicamente, sua empresa precisa transformar a tecnologia em uma aliada primordial, usando dados e processos simplificados como combustível para melhorar resultados e aprimorar experiências.

A ideia parece ser muito ampla à primeira vista, mas é possível separar três aspectos decisivos dessa união: a coleta de informações, a simulação de cenários para direcionar recursos com mais segurança e a preparação para responder às possíveis mudanças do mercado com mais agilidade.

Apoiar sua gestão nesses pontos faz parte de uma evolução necessária, visto que inúmeras práticas e ferramentas tradicionais estão perdendo espaço no mundo digital. Estamos vivendo em um contexto dinâmico e totalmente dominado pela informação, logo, empresas que não almejam a atualização devem perder espaço.

Só é importante lembrar que não basta atualizar as ferramentas do dia a dia. Um verdadeiro negócio inteligente precisa estar aberto a mudar sua estrutura como um todo, permitindo que a tecnologia crie raízes.

Esse é o caminho para quem deseja transformar o engajamento de colaboradores, aumentar a produtividade de forma sustentável e aprimorar a experiência do cliente. Três objetivos que certamente definem o sucesso de uma empresa nos dias atuais.

negócio inteligente

Atitudes Inteligentes e suas Vantagens

A possibilidade de melhorar a experiência dos potenciais consumidores ao mesmo tempo em que aumenta sua produtividade deixa qualquer empresário ou gestor em estado de êxtase. Afinal, estamos falando de vantagens indiscutíveis para qualquer empresa.

A boa notícia é que um negócio inteligente, amparado por tecnologias de ponta, pode ir muito além. Pensando nisso, nós separamos algumas atitudes que impactam positivamente na gestão organizacional

Automatização de Processos

Usar a tecnologia para automatizar e simplificar alguns processos é uma decisão digna de uma empresa inteligente. 

Por mais que o trabalho manual seja mais flexível, adaptável e até personalizável, ele nunca vai superar o avanço lógico proporcionado por ferramentas como um sistema integrado de gestão empresarial (ERP). E o motivo é simples: a automação diminui o uso de papel, os erros e o tempo das operações.

Com isso, a força de trabalho consegue se dedicar a atividades estratégicas que geram mais valor. Esse é o início de uma trajetória em que a otimização de tempo é revertida em maior produtividade e competitividade perante a concorrência que ainda está pensando em se tornar inteligente.

Além disso, essa dinâmica melhora a qualidade de vida dos colaboradores. Eles se sentem mais úteis e engajados, reduzindo a taxa de rotatividade.

Diminuição das Fronteiras

Junto com a automatização dos processos, também é necessário investir no armazenamento em nuvem. Ainda que essa não seja uma tecnologia exatamente nova, ela garante que a sua empresa esteja em qualquer lugar e a qualquer hora.

Em um mundo cada vez mais digital, não faz sentido insistir no armazenamento de documentos, processos e textos em discos rígidos ou armários físicos. É uma atitude que vai na contramão desse cenário que exige que as empresas estejam conectadas o tempo todo.

Isso sem contar que se locomover até a empresa para acessar um documento ou enviar um contrato atrasa os processos, prejudicando inclusive a automatização da gestão.

Integração Empresarial

Outra coisa facilitada pela tecnologia é a integração de todos os setores da empresa. Uma ação que viabiliza o acompanhamento mais amplo do ecossistema que compõe seu negócio, incluindo desde a funcionalidade dos processos até a gestão dos recursos.

Essa visão completa da empresa facilita, entre tantos aspectos, a coordenação de atividades que dependem da cooperação entre setores, o direcionamento de investimentos, os cortes necessários e o acompanhamento de ponta a ponta do desempenho produtivo.

negócio inteligente

Processamento de Dados

É possível que o processamento de dados seja um dos tópicos que mais evoluiu nos últimos anos. Em pouco tempo, computadores e softwares empresariais avançaram décadas em sua capacidade de organizar informações, e uma empresa inteligente sabe como aproveitar isso.

Seu negócio precisa estar preparado para registrar, processar e acompanhar os dados produzidos interna e externamente. Esse é o caminho que nos permite criar estratégias guiadas por dados. 

A análise minuciosa de informações reais e precisas funciona como um guia para as decisões empresariais, validando ou reorientando as mesmas em caso de necessidade. A ideia é transformar dados soltos em insights que ofereçam aos gestores a chance de fazer deliberações mais eficientes, lidar com as mudanças do mercado em pouco tempo e sair na frente da concorrência.

Trabalhando com o Futuro

Por muito tempo, a gestão organizacional se preocupou apenas com o passado, rastreando e produzindo relatórios sobre coisas que aconteceram. Ainda que esse tipo de conhecimento retrospectivo seja valioso, a análise preditiva de dados abre espaço para um cenário de avanços em que gestores e colaboradores olhem para o futuro com mais frequência e atenção.

Com essa possibilidade em mãos, seu negócio estará preparado para se antecipar às possíveis mudanças do mercado, preparar-se com antecedência para os desafios futuros e direcionar investimentos coerentes às necessidades de cada área. É uma forma proativa de administrar o negócio hoje, pensando sempre no sucesso de amanhã.

Foco na Sustentabilidade

A sustentabilidade nem sempre é vista como um pilar empresarial, porém investir em tecnologias sustentáveis é um fator essencial quando se pensa em negócio inteligente.

As vantagens começam pelo fato de que os consumidores estão cada vez mais interessados em marcas que deixam contribuições positivas sem prejudicar o amanhã. Nesse caso, a consequência direta é um aumento gradual do valor da sua marca.

O desenvolvimento sustentável – representado por uma gama de atividades que inclui desde o patrocínio a iniciativas em prol do meio ambiente , até o uso de energias renováveis – coloca sua empresa na mira de investidores, ajuda no desenvolvimento de uma gestão mais engajada e provoca a redução dos custos.

Quer saber mais? Leia nosso texto sobre práticas sustentáveis que merecem seu investimento. 

negócio inteligente

Abertura de Novos Negócios

Além de guiar decisões certeiras e eficientes, a automatização e a análise de dados abrem espaço para o surgimento de um novo mundo. Afinal de contas, quando substituem a burocracia do cotidiano por atividades mais estratégicas, gestores e colaboradores conseguem enxergar possibilidades alternativas.

Nesse mundo, dominado por tecnologias como machine learning, processos são atualizados com agilidade, novos negócios são descobertos com mais facilidade e estratégias inovadoras ganham forma diariamente. E o resultado disso pode ser uma reinvenção que eleve sua empresa a outro patamar.

Exemplo: a Netflix. Uma simples empresa de aluguel de filmes que, após incorporar tecnologias à sua gestão, notou que existia um modelo de negócio mais lucrativo: o streaming de dados.

Experiências Personalizadas

Os consumidores atuais estão procurando por experiências cada vez mais personalizadas e exclusivas. Algo que a tecnologia pode ajudar a sua empresa a conquistar de diversas formas.

A automatização dos processos, por exemplo, permite que os colaboradores coloquem o cliente no centro da gestão sem terem que se preocupar com atividades burocráticas. Enquanto isso, uma análise de dados bem conduzida ajuda na elaboração de perfis ainda mais completos.

Quando juntamos tudo isso, as chances de um cliente receber algo com a cara dele se multiplicam. E, experiências satisfatórias geram resultados muito positivos para a marca em tempos em que os consumidores anseiam por produzir conteúdo sobre o que consomem.

Tecnologias e Conceitos que Merecem sua Atenção

A utilização de tecnologias emergentes é uma característica primordial dos negócios inteligentes. Logo, cabe aos gestores responsáveis por esse processo de inovação analisar os objetivos de sua empresa e identificar quais tecnologias causariam um impacto positivo.

Pensando nisso, nós listamos algumas ferramentas, ideias e soluções que estão em alta no momento:

ERP

ERP é a abreviação de Enterprise Resource Planning, ou Planejamento de Recursos Empresariais em português. Trata-se de um sistema integrado de gestão que reúne informações de diversos setores em uma única plataforma. Graças a essa integração centralizada, ele se tornou uma peça fundamental na administração de processos, na gestão de pessoas e na criação de planejamentos estratégicos. Tudo com agilidade e confiabilidade de dados.

Business Intelligence

O Business Intelligence (também conhecido como BI) é formado por um conjunto de técnicas e ferramentas que tem como objetivo gerar informações a partir do processamento de dados. Resumindo, a ideia é analisar os dados gerados pela empresa, produzir relatórios e criar indicadores que possam guiar o planejamento inteligente de cada setor.

Big data

Big Data

Mais um conceito do que uma ferramenta, a Big Data se refere à enorme quantidade de dados que são produzidos por empresas do mundo todo a cada clique. O cruzamento dessas informações é essencial para a compreensão globalizada de tendências do mercado ou comportamentos de compra.

Blockchain

Diferente dos tópicos anteriores, o Blockchain é um sistema voltado para a segurança das informações geradas por uma empresa. Utilizado no setor financeiro, ele garante que valores enviados ou recebidos não sejam reutilizados, que pagamentos cheguem ao seu destino e que transações anteriores permaneçam intactas

Machine Learning

Associado frequentemente à inteligência artificial, o termo machine learning pode ser traduzido como “aprendizado de máquina”. Ele se refere a sistemas tecnológicos que conseguem mudar seu comportamento a partir de experiências próprias.

Em outras palavras: a máquina treina e encontra maneiras de ser ainda mais eficientes. A possibilidade parece um pouco assustadora, mas permite que softwares de gestão aprimorem seu trabalho sem precisar de interferência humana.

A Internet das Coisas

Considerada por muitos especialistas como a origem de uma nova fase da era digital, a Internet das Coisas está ligada à necessidade de se conectar cada vez mais dispositivos à internet. Um processo focado na transformação de equipamentos do dia a dia em versões inteligentes com o objetivo de automatizar atividades simples.

Em um nível empresarial, sua aplicação representa um passo em direção à automatização de processos. É possível simplificar, por exemplo, a gestão de estoque, garantindo assim que os funcionários tenham ainda mais tempo para pensar em aspectos estratégicos.

tecnologia

CRM

Voltando para a gestão de dados, o Customer Relationship Management (CRM) ajuda bastante na gestão dos hábitos de consumo. Ele pode ser compreendido como uma série de estratégias, ações e tecnologias focadas no relacionamento com o cliente

Mais do que um software, o CRM é composto por várias ferramentas que ajudam na compreensão dos anseios, comportamentos e preferências do consumidor. Uma peça-chave em setores que interagem com os clientes ou dependem do funil de vendas para alcançar resultados mais positivos.

Geração Distribuída

Considerando o desenvolvimento sustentável como um pilar dos negócios inteligentes, também devemos prestar atenção ao uso de fontes renováveis de energia. Entre tantas opções oferecidas por esse mercado em ascensão, as usinas fotovoltaicas se destacam como solução energética. 

Através deste sistema, as empresas alugam placas solares sem realizar qualquer tipo de investimento ou instalação. Uma opção inteligente e viável que reduz os custos, amplia o valor da marca e ajuda o planeta Terra. 

Dicas para Garantir um Negócio Inteligente

Neste ponto do texto, nós já sabemos que a tecnologia é a principal aliada de uma empresa inteligente. No entanto, aplicar uma infinidade de recursos tecnológicos nem sempre é o bastante.

Você também precisa se preocupar com outros fatores durante a evolução do seu negócio. Confira algumas dicas abaixo:

Não fique Restrito ao TI

Sempre que um projeto envolve tecnologias, o setor de Tecnologia da Informação (TI) fica em evidência. O mesmo deve acontecer durante a transição para um negócio inteligente, mas o seu negócio não pode ficar preso a isso. A implementação de novas ferramentas precisa alcançar todos os setores para que a mudança gere, de fato, resultados positivos.

Invista em Educação

Não adianta instalar os melhores sistemas de gestão e análise de dados sem ter pessoas preparadas para manuseá-los e interpretá-los. Portanto, é primordial investir em profissionais capacitados e na sua constante atualização por meio de cursos e palestras específicas seja incluído no processo.

investimentos

Convide Líderes de Vários Setores

Incluir lideranças de diversos setores no processo de atualização é importante por conta de dois fatores cruciais: garantir a integração proposta pelo conceito de negócio inteligente e fazer uma ponte com outros colaboradores. Essas são as pessoas que vão servir como influenciadores, divulgando a importância das mudanças que estão tomando forma.

Preste Atenção à Reação dos Colaboradores

É possível que colaboradores menos abertos ao novo ofereçam alguma resistência ao uso da tecnologia. Nesses casos, a função do gestor é identificar se eles estão se sentindo ameaçados e conscientizar a equipe sobre as vantagens de ser um negócio inteligente.

Conclusão

Em um mundo regido pelo dinamismo das inovações digitais, os verdadeiros negócios inteligentes são aqueles que usam a tecnologia a seu favor na hora de automatizar processos, analisar dados e planejar estratégias

No caso de empresas administradas por meio de práticas tradicionais, a adequação passa por um longo processo de atualização, que envolve a busca por tecnologias, a implantação de novas ferramentas e a educação dos colaboradores.

Em troca, quem aceita o desafio acessa um mundo cheio de vantagens. Entre as principais, podemos destacar: o crescimento sustentável da produtividade, a integração dos setores, o melhor gerenciamento do tempo, o processamento eficiente de dados, a criação de modelos de negócio alternativos e a construção de uma relação personalizada com os consumidores.

Isso significa, que se tornar um negócio inteligente é um passo mais do que essencial para quem deseja se manter ativo em um mercado cada vez mais competitivo.


Quer aprender mais sobre economia, sustentabilidade e empreendedorismo? O nosso blog está recheado de artigos completos sobre produção energética, saúde financeira e tecnologia.

Acesse nosso acervo clicando AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *